Alter – O que é Bitcoin?
Bitcoin

O que é Bitcoin?

Você com certeza já ouviu falar em Bitcoin, não é mesmo? E imagino que tenha dúvidas sobre o que é Bitcoin, sua tecnologia, para que serve e como usá-lo. Então, veio ao lugar certo! Preparamos aqui um super tutorial sobre o Bitcoin, onde vamos ensinar como comprar, vender e também guardar seus bitcoins por longos períodos de maneira segura. Vamos lá?

Prazer, Bitcoin!

Talvez você já tenha escutado que o Bitcoin é uma criptomoeda. Mas o que isso significa? Uma criptomoeda é uma espécie de moeda digital que não precisa de governos, bancos e outras instituições para funcionar. Ou seja: não há intermediários! Quem possui bitcoins é realmente o dono da criptomoeda. Para guardar ou fazer transações em bitcoins, você não depende de mais ninguém!

O bitcoin não precisa de governos, bancos e outras instituições para funcionar.

Surgimento do Bitcoin

O Bitcoin surgiu em 2009 e sua criação é atribuída a Satoshi Nakamoto, o pseudônimo do(s) criador(es) da primeira criptomoeda do mundo. Desde então, seu funcionamento tem sido contínuo, descentralizado e extremamente seguro. Sua operação se dá dentro do sistema que chamamos de blockchain, uma corrente de blocos digitais onde todas as transações realizadas são registradas e validadas.

A criação do bitcoin é atribuída à Satoshi Nakamoto

As vantagens do Bitcoin!

Por ser uma criptomoeda, o bitcoin traz consigo diversas peculiaridades que o diferenciam em muitos aspectos quando comparado às moedas fiduciárias tradicionais (ou seja, sem valor intrínseco), que costumamos chamar de moedas fiat.

Bitcoin pode ser transacionado para qualquer pessoa no mundo

Mas quais são as principais características que diferenciam o Bitcoin das moedas fiat?

Todo bitcoin pode ser transacionado ou transferido para qualquer pessoa no mundo, independente de país ou região. É uma liberdade que nenhuma moeda fiat pode oferecer.

De fato, por toda a movimentação de bitcoins ser realizada através da tecnologia inovadora do blockchain, é até difícil comparar as moedas fiduciárias tradicionais em relação à transparência, segurança, controle e privacidade que a criptomoeda oferece.

Todas as transações de bitcoin podem ser auditadas

Transparência, segurança, controle e privacidade!

Dentro da blockchain, todas as transações de bitcoin podem ser auditadas, é impossível alterar ou confiscá-las, exigem senhas e uma série de autenticações para serem realizadas e mantém origem e destino sob sigilo. Você consegue imaginar essas características em moedas fiat? Difícil, né?

O Bitcoin é seguro?

A dúvida mais comum sobre o bitcoin é relativa à sua segurança. É seguro comprar, vender e guardar bitcoins? A resposta é sim: ter bitcoins é mais seguro do que ter reais no banco.Pela natureza da própria tecnologia que viabiliza o Bitcoin, não existem brechas de segurança. Para que alguém mal intencionado ataque a rede com o intuito de roubar bitcoins das pessoas, ele teria que invadir os milhões de computadores em todo o mundo que validam as transações no blockchain. É uma tarefa praticamente impossível.

Já no sistema financeiro tradicional, o cenário é outro, bem diferente. Cada banco possui sua própria rede centralizada que, por sua vez, está ligada às redes centralizadas de outros bancos. Uma única falha na segurança de um banco pode dar acesso a todas as contas daquele banco.

Onde o Bitcoin fica guardado?

Já mostramos que a rede blockchain do bitcoin é segura e praticamente impossível de ser hackeada. Mas e os seus bitcoins? Será que estão totalmente seguros? Independentemente da rede blockchain ser bem protegida contra hackers, ter a posse de bitcoins exige responsabilidade e cautela para que seus bitcoins permaneçam seguros e com você.

Vamos lembrar que os bitcoins são totalmente digitais. Na verdade, o bitcoin nada mais é do que um código alfanumérico (ou seja, composto por letras e números). Desse modo, seu armazenamento pode ser feito online, em apps de custódia de bitcoin e carteiras online de exchanges (hot wallets). Mas eles também podem ser armazenados em aparelhos desconectados da internet que se assemelham a um pendrive (cold wallets).

Dispositivo que se assemelha a um pendrive para armazenar bitcoins

Carteiras offline (cold wallet)

Carteiras frias, carteiras offline ou cold wallets são várias maneiras de falar da mesma coisa: pequenos aparelhos que em sua maioria se assemelham a pendrives e permitem que você armazene seus bitcoins de forma isolada da internet. Essas carteiras só se conectam à internet para receber ou transferir os bitcoins. O resto do tempo ela permanece totalmente desconectada.

Elas são altamente indicadas para armazenar grandes quantidades de bitcoin ou outras criptomoedas que você não pretende usar no curto ou médio prazo. Assim, são ideais para quem compra bitcoin e guarda por grandes períodos. Os modelos mais famosos deste tipo de carteira são a Ledger e a Trezor.

O fato de não estar conectada à internet é um ponto relevante para a segurança. Afinal, sem internet, nenhum hacker conseguirá ter acesso aos seus bitcoins. No entanto, sendo um objeto físico, você ainda pode ter o “pendrive” perdido, roubado ou até estragado. Porém, para esses casos existe a seed!

A seed é um conjunto de palavras-chave usado como senha para desencriptar o código dos bitcoins que estão armazenados dentro da carteira. Dessa maneira, mesmo que você perca, seja roubado ou o aparelho quebre, ainda será possível recuperar seus bitcoins em outro aparelho através dessa sequência de palavras-chave, que se transformam no código do bitcoin.

Dica: As palavras-chave são o principal item de segurança nesse caso. Tenha elas anotadas em um papel, faça cópias e armazene nos locais mais seguros possíveis. No fim, a seed é mais importante que o próprio aparelho de cold wallet.

Carteira online para armazenar bitcoins (hot wallet)

Carteiras online (hot wallet)

Antes de mais nada: as carteiras online são o total oposto das carteiras offline. Assim, o uso de hot wallets é indicado para armazenar pouca quantidade de bitcoin e para aquelas pessoas que usam bitcoin frequentemente, quase no dia a dia. Pois é exatamente essa sua maior praticidade: poder usar o bitcoin a qualquer momento, fazendo transações para outras pessoas de forma rápida ou mesmo compras em lojas que aceitam bitcoin como forma de pagamento.

No entanto, por estar conectada à internet, ela está suscetível a ataques hackers. Também, por não ter a posse das senhas seed, você não tem a garantia de que seus bitcoins não serão usados de forma indevida.

Existem diversos apps (freewallet e blockchain) e exchanges que fornecem esse serviço de carteira online de bitcoin. Para minimizar seu risco, sempre utilize os serviços de empresas renomadas e confiáveis, desconfiando de empresas e apps que nunca ninguém ouviu falar. E claro, vale repetir: não pretende usar seus bitcoins no curto prazo ou tem uma grande quantidade? Transfira imediatamente para uma carteira offline.

Ainda com dúvidas sobre o Bitcoin? Que tal um vídeo pra te ajudar?

Vale a pena investir em Bitcoin?

Gráfico que indica a volatilidade do bitcoin

O bitcoin é um ativo de alto risco, com grande volatilidade. Essa característica permite, ao mesmo tempo, enormes ganhos e períodos de queda brusca. Sendo assim, como ativo de investimento, o bitcoin é indicado para pessoas com perfil de moderado à arrojado. Pessoas com um apetite pelo risco, que se permitem expor mais seu patrimônio em busca de um retorno maior.

Antes de investir em bitcoin, estude bastante. Aliás, no AlterBlog você conta com uma série de artigos que falam sobre a volatilidade desta criptomoeda e sobre outras variáveis que tornam o bitcoin um ativo de alto risco.

Conheça-te a ti mesmo: entenda seu perfil de investidor, seu apetite pelo risco e o quanto do seu patrimônio você pode, deve e quer investir em bitcoin! Não tome atitudes precipitadas e tenha sangue frio.

Como comprar e vender bitcoins

Atualmente, existem três maneiras de adquirir bitcoin: através da mineração, comprando em exchanges ou em transações diretas com outras pessoas. Pensando nessas três possibilidades, vamos listá-las da mais difícil à mais fácil:

É possível adquirir bitcoins através da mineração

Mineração de Bitcoin

Tecnicamente, é possível adquirir bitcoins através da mineração, onde você usa seu poder computacional para realizar a validação das transações que ocorrem no blockchain. Como recompensa, você recebe bitcoins - ou frações dele.

No entanto, hoje em dia, é praticamente impossível fazer este trabalho de mineração de Bitcoin. O poder computacional exigido é enorme, estando restrito a computadores caríssimos. Como se não bastasse, o consumo de eletricidade também é estratosférico! Isso diminui muito qualquer chance de uma pessoa comum minerar bitcoins.

Hoje, a maior parte da mineração de bitcoin ocorre por grandes empresas na China. São verdadeiros galpões abarrotados de máquinas de mineração, uma espécie de computador especializado em resolver cálculos matemáticos extremamente complexos que resultam na emissão de novos bitcoins.

O consumo de energia elétrica dessas fazendas de bitcoins é extraordinariamente alto - a ponto da comunidade internacional questionar o tamanho do impacto ambiental que a mineração de bitcoin causa no planeta.

É possível comprar bitcoins de outra pessoa através do p2p

Transferência P2P (peer-to-peer) de bitcoins

Você também pode comprar bitcoins de outra pessoa. Neste caso, não há complexidade e nem um alto custo envolvido. São necessárias apenas as informações das carteiras de origem e destino, além do pagamento da taxa de rede (normalmente descontada do valor que está sendo transferido), para que a transferência ocorra.

Essa prática é comum e simples. Porém, pode ser muito perigosa! Em transações de bitcoin P2P, é imprescindível que você confie na idoneidade de quem está te vendendo o bitcoin, pois não há garantias de que você receberá o valor devido depois de transferir seus bitcoins.

Infelizmente, golpes são muito comuns em transferências P2P, de modo que desaconselhamos fortemente a realização deste tipo de transações com desconhecidos. Só compre e venda bitcoins de forma direta de quem você conhece e confia!

Aplicativo Alter para comprar bitcoins

Comprar bitcoins no Alter (exchange)

Por fim, as exchanges. O jeito mais fácil e seguro de comprar bitcoin é no Alter! Só aqui você tem total garantia de recebimento dos bitcoins adquiridos. A compra de bitcoin através do nosso app é simples, sendo realizada com poucos toques na tela. E o recebimento de bitcoins em sua carteira é instantâneo, não há nenhum tipo de espera!

O Alter foi criado com o intuito de democratizar o acesso ao bitcoin e a outras criptomoedas. Buscamos cada vez mais facilitar o acesso e o entendimento de nossos clientes. No Alter, você não precisa saber tudo sobre o Bitcoin, nem entender de plataformas de compra e venda de criptomoedas para comprar seu primeiro bitcoin. Por isso dizemos que a sua experiência cripto começa aqui!

Bitcoin + Alter = Seja seu próprio banco!

Carteira de bitcoins no Alter

A Geovana acabou de fazer uma transação. Ela enviou bitcoins para a Alemanha, para a carteira de um conhecido. Fez isso em um piscar de olhos. Não precisou ter uma conta em banco, nem saber os dados pessoais desse conhecido: bastou apenas o endereço da carteira. Como ela fez isso? É simples: essa transação ocorreu dentro do blockchain, de maneira rápida, segura e rastreável, sem precisar de um banco ou uma infraestrutura financeira.

Transferir bitcoins através do app Alter

João poderia ter usado o Pix do Alter para enviar um dinheiro que devia a um amigo. Mas tanto ele quanto seu amigo, que também tem AlterConta, preferem usar bitcoins. Então, João transferiu bitcoins para o amigo com 4 toques na tela. De forma gratuita e instantânea, sem precisar de um banco para isso, utilizando apenas o app Alter.

Com o Bitcoin você é seu próprio banco. E ter uma carteira de bitcoins no Alter é como ter disponível uma agência bancária nas suas mãos 24 horas por dia. Sem taxas, sem complicação!

Criar uma carteira de bitcoins é fácil e não custa nada. Quando você abre sua conta no Alter, além da conta digital que todo mundo conhece, você cria também automaticamente sua carteira de bitcoins, totalmente integrada ao sistema financeiro tradicional.

Desta maneira você garante uma interação fluida e sem taxas entre seu patrimônio em reais e em bitcoins. Utilize seus bitcoins quando bem entender com o AlterCard, acumule bitcoins de forma automática com nosso Criptoback e faça transferências de bitcoins totalmente gratuitas, sem pagamento da taxa de rede. E essas são só algumas das vantagens que você terá com sua cripto conta do Alter!

Que tal criar seu próprio banco? Abra sua conta no Alter e tenha uma conta digital em reais integrada à sua carteira de bitcoin. AlterConta: a sua criptoconta!

Agora que você já sabe bastante sobre o Bitcoin, chegou a hora de comprar seu primeiro bitcoin! Comece agora. Vamos juntos?

Alter: sua experiência cripto começa aqui!

Abra sua conta